Acesso à informação

Cirurgias Seguras Salvam Vidas

 

 A campanha mundial (Cirurgias Seguras Salvam Vidas) foi iniciada em 2008, quando a assistência cirúrgica segura foi escolhida pela Aliança Mundial para Segurança do paciente (criada pela Organização Mundial da Saúde - OMS em 2004) como Segundo Desafio Global para a Segurança do Paciente.

Desde 2009, a Anvisa, por meio da Gerência de Vigilância e Monitoramento em Serviços de Saúde, da Gerência Geral de Tecnologia em Serviços de Saúde  (GVIMS/GGTES), em parceria com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS), vem desenvolvendo ações relacionadas ao Segundo Desafio Global Cirurgias Seguras Salvam Vidas, cujo enfoque é a segurança cirúrgica em serviços de saúde.

Recentemente, o Protocolo para Cirurgia Segura foi estabelecido pelo Ministério da Saúde (MS) com a finalidade de determinar as medidas a serem implantadas para reduzir a ocorrência de incidentes e eventos adversos e a mortalidade cirúrgica, possibilitando o aumento da segurança na realização de procedimentos cirúrgicos, no local correto e no paciente correto, por meio do uso da Lista de Verificação de Cirurgia Segura (LVSC).

Para apoiar a implantação da Cirurgia Segura nos serviços de saúde, por meio da aplicação da LVSC, a GGTES/Anvisa disponibiliza o  seguintes materiais técnicos sobre segurança cirúrgica:

ü Manual de Implementação - Lista de Verificação de Segurança Cirúrgica da OMS

ü  Lista de Verificação de Segurança Cirúrgica – LVSC

 

  

Outras publicações anteriormente disponibilizadas sobre o tema cirurgia segura:

ü Manual Cirurgias Seguras Salvam Vidas

ü  Guia Cirurgias Seguras Salvam Vidas

ü  Cartaz Cirurgias Seguras Salvam Vidas 

 

ü  Lista de Verificação de Segurança Cirúrgica – LVSC – primeira versão